curves-header

Últimas noticias

videoThumb

07/05/2021

Movimento Circular no Ciclo Vivo

O Movimento Circular quer envolver toda a sociedade para discutir um mundo mais sustentável, criado a partir de uma economia circular - uma mudança na forma de consumir e de se relacionar com o mundo. Esse foi o assunto do bate papo do MC com o pessoal do Ciclo Vivo (www.ciclovivo.com.br) no dia 1º de outubro de 2020. Confira e compartilhe essa ideia:

Plataforma traz conteúdo sobre economia circular e sustentabilidade para educadores

Por Natasha Olsen

No Brasil, segundo dados do Banco Mundial, mais de 2,4 milhões de toneladas de plástico são descartadas de forma irregular, sem tratamento e, em muitos casos, em lixões a céu aberto. Aproximadamente 7,7 milhões de toneladas de lixo são destinados a aterros sanitários.

Papeis, metais e vidros são outros resíduos que poderiam ser reciclados, mas que muitas vezes são descartados de forma incorreta e tem como destino aterros e lixões.

Estimular a economia circular é uma ferramenta importante para melhorar este cenário. Diferente da cadeia linear de produção, uso e descarte, a economia circular propõe que o ciclo de feche: tudo é pensado desde o início da cadeia e tem como objetivo o reaproveitamento ou reciclagem do que é produzido.

Você conhece a economia circular?

A orientação, dentro da economia circular, é uma mudança em toda a maneira de consumir, do design dos produtos até nossa relação com as matérias-primas e resíduos, com o objetivo de que o que hoje chamamos de lixo deixe diminua cada vez mais.

Vamos falar sobre o assunto?

Com o propósito de instigar o começo de uma nova cultura e pensamento para uma responsabilidade que é de todos, nasce o Movimento Circular: www.movimentocircular.io.

A iniciativa tem como meta estimular essa conversa e conscientização, mostrando as possibilidades de uma nova realidade. O conteúdo está disponível de forma gratuita em uma plataforma online com diversas abordagens sobre a economia circular, para professores, estudantes, empresas e seus colaboradores, e quem mais desejar.

Como são as cidades que queremos para o futuro?

Com acesso por computador ou smartphones, a plataforma traz temas como alimentação, indústria, oportunidades e as cidades no futuro. Além dos conteúdos interativos, estão disponíveis diversas atividades para professores e demais interessados, que podem ser baixadas e editadas, o que garante a autonomia do educador.

Informação disponível

Para Vinicius Saraceni, diretor da Atina Educação, o objetivo é justamente democratizar o acesso à informação de qualidade. “Queremos que professores se inspirem, articulem o uso nas aulas online, que empresas incluam as temáticas em seus treinamentos aos colaboradores e assim por diante. Quanto mais disseminado o conteúdo sobre economia circular, melhor – a mudança é urgente.”

Escolas públicas e particulares

Professores dos ensinos Fundamental I, Fundamental II e Médio podem encontrar na plataforma sequências didáticas completas para aplicarem em sala de aula, ajustando e adaptando de acordo com seu próprio contexto. As sequências didáticas, que são um prático plano de aula, foram desenvolvidas por um corpo docente robusto e produzidas pelas professoras Ana Lucia Gomes dos Santos e Marina Rezende Lisboa, com a coordenação pedagógica do Prof. Dr. Edson Grandisoli.

Todo o material está alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), e pode ser usado como complemento do currículo obrigatório de algumas disciplinas ou como atividade geral e extracurricular.

Como Montar um Plano de Aula e engajar os alunos na economia circular

“Neste momento, em que a dinâmica escolar sofreu um grande impacto, temos a confiança que estes conteúdos podem ser de grande ajuda, seja como um estímulo adicional aos alunos, seja como uma contribuição valiosa para os professores”, avalia Prof. Dr. Edson Grandisoli.

Para Vinicius Sareceni o assunto é fundamental: “uma pesquisa realizada com professores do curso de formação da Atina mostrou que 66% dos docentes de escola técnica, nunca tinham escutado o termo ‘economia circular’ antes. A plataforma Movimento Circular vem ao encontro da necessidade em preencher essa lacuna e oferecer o ingresso para um universo de novas possibilidade de educar e aprender”.

Mapa de Iniciativas

Além dos conteúdos, os professores e público em geral podem acessar o Mapa de Iniciativas, na página “Faça Parte”. Nessa seção do site é possível encontrar e inscrever projetos que estejam acontecendo nas escolas e comunidades das cidades de todo o Brasil.

Educadores e alunos das ETECs paulistas ainda podem participar do Desafio Circular. É preciso participar da formação oferecida pela plataforma, com certificação de 40h, e então inscrever uma ideia para promover um mundo sem lixo.

Atila Iamarino convida: Desafio Circular (Movimento Circular)

Empresas e público em geral

O conteúdo também pode ser expandido para empresas, colaboradores e quem se interessar para um aprendizado individual. Com autoria da professora Gina Rizpah Besen, os temas exploram o conceito da economia circular e como serão as cidades no futuro circular, podendo ser utilizados em treinamentos e palestras corporativas.

Gostou? Compartilhe!