Notícias para circular

01/12/2021

Como fazer um Natal a partir da economia circular

Captação de água da chuva, uso de energia solar, compostagem… a casa da empresária Miriam Isabel Cenamo, de 63 anos, em São José dos Campos, São Paulo, é um celeiro de ideias e iniciativas circulares durante todo o ano. Nas festas de fim de ano, como o Natal, a tradição não é diferente. Presentes caseiros, ceias simples e restos de comida na composteira estão entre as ações adotadas por Miriam para ter uma comemoração livre de lixo. Uma preocupação para lá de relevante, já que o consumo e, consequentemente, o desperdício e o volume de lixo tendem a aumentar em épocas como essa. Pensando nisso, reunimos dicas para você fazer um Natal Circular na sua casa. Vamos lá?

A chave para um Natal baseado na economia circular é o consumo consciente, aponta o professor Dr Edson Grandisoli, coordenador pedagógico do Movimento Circular. Pensar sobre o que é realmente necessário comprar é o primeiro passo.

O que você já tem em casa que pode ser reaproveitado? Onde você irá fazer as compras? Com o que irá embalar os presentes? Como você irá servir a ceia? Para quantas pessoas? O planejamento é fundamental para evitar perdas e desperdícios, então tire um tempinho e planeje o seu Natal.

O coordenador pedagógico do Movimento Circular destaca que muito mais do que dar presentes, é hora de se fazer presente. “A gente tem que mudar a cultura e começar a valorizar mais estar na presença das pessoas, principalmente depois desse período de pandemia que vivemos e estamos vivendo, do que comprar coisas”, defende Edson Grandisoli.

Para aqueles que não abrem mão de presentear, existem opções. Miriam, por exemplo, faz em casa muitos dos presentes que distribui nesta época do ano. “Já faz alguns anos que adotamos o amigo secreto na família e entre os amigos. Com minhas amigas mais íntimas, optamos por fazer um amigo secreto com presentes feitos por nós mesmos: uma comida, um crochê, coisas desse tipo. Quando compramos algo, optamos por dar coisas que sejam úteis e possam ser usadas de novo, como livros”, explica a empresária.

“É preciso escolher bem do ponto de vista de embalagens. Isso serve tanto para presentes quanto para produtos que se compra para a ceia, por exemplo. Um produto não precisa estar dentro de uma embalagem, que está dentro de outra embalagem, que está dentro de outra embalagem”, completa Edson Grandisoli.

O professor ainda orienta que se procure fazer compras em fornecedores locais, porque assim se diminui a poluição gerada no deslocamento de produtos de uma cidade ou Estado para outro.

Ceia

Para a ceia, vale escolher frutas da época, evitar quantidades de comida em excesso para o número de pessoas, apostar nos pratos de louça (e evitar dos descartáveis de uso único), além de aproveitar o que sobrar, seja em outra refeição ou compostando o que for orgânico (frutas e verduras).

Enfeites

Já os enfeites de Natal podem ser feitos com materiais recicláveis. Você pode fazer desse momento uma verdadeira brincadeira em família. Não é o máximo?

Com criatividade e planejamento, as possibilidades são infinitas! E lembre sempre de manter os cuidados com as orientações das autoridades sanitárias quanto à pandemia da covid-19. Vamos juntos fazer um Feliz Natal?

Confira as dicas para um Natal Circular:

  • Reaproveite embalagens de presentes;
  • Utilize outros materiais para embrulhar presentes. Você pode criar saquinhos com tecidos que já tenha em casa, por exemplo;
  • Leve de casa a sacola que for utilizar para transportar as compras;
  • Crie presentes artesanais;
  • Confeccione enfeites de Natal com materiais recicláveis;
  • Procure produtos em lojas de utensílios usados. Existe muito afeto em objetos que possuem histórias;
  • Opte por comprar em lojas e produtores locais;
  • Planeje a ceia para evitar desperdícios;
  • Reaproveite os restos em composteiras domésticas ou outras refeições