Notícias para circular

19/04/2022

Portal Vitat: como separar e descartar resíduos

Olha que legal! O portal Vitat, plataforma de saúde e bem-estar, conversou com o Coordenador Pedagógico do Movimento Circular, Edson Grandisoli, e preparou um conteúdo sobre a forma correta de descartar diferentes tipos de resíduos. Confira o resultado:

Descarte de lixo: como separar e desprezar os resíduos corretamente

Foi-se a época em que todos os tipos de lixo iam para a mesma lixeira! Com o tempo, percebeu-se a importância de realizar a separação de cada material, afinal, isso faz toda a diferença no processo de decomposição dos itens na natureza. Além disso, saber como fazer o descarte correto de lixo também está atrelado à saúde.

“São muitos os benefícios ambientais e sociais. Descartar corretamente colabora diretamente com processos de reciclagem e reaproveitamento de recursos, que são bases para a economia circular. Do ponto de vista social, essa ação colabora com o trabalho de milhares de catadores e cooperativas espalhados pelo Brasil, gerando novas oportunidades de inserção social, só para citar um exemplo”, explica o professor Edson Grandisoli, coordenador pedagógico do Movimento Circular.

Ele conta que os resíduos orgânicos prejudicam a qualidade e viabilidade de reciclagem de outros materiais, por isso, é muito importante ter recipientes orgânicos e recicláveis em casa e no trabalho. A forma mais comum de separar os resíduos é designar uma lixeira para cada tipo de material. Assim, a identificação é feita em cores:

  • Azul para papel;
  • Vermelho para plástico e descartáveis;
  • Amarelo para metal;
  • Verde para vidro.

Descarte de lixo: divisão

Além disso, os lixos podem ser divididos em três: recicláveis, não recicláveis e orgânicos. Uma ótima forma de descartar garrafas pets e latas de alumínio é deixá-las em centros de reciclagem ou no famoso “ferro-velho”. Isso porque o ato gera renda para quem precisa e ajuda o meio ambiente ao evitar que esses objetos acabem em lugares incertos.

Todos os tipos de papéis são mais fáceis de reciclar quando diminuem de tamanho. Ou seja, picar, cortar e rasgar o material antes de jogar no lixo ajuda (e muito) na hora de descartá-lo.

Ao separar o lixo orgânico, você pode aproveitar essas sobras! Para quem tem um jardim ou horta, a compostagem é um meio eficaz e natural de deixar a plantação saudável e com vida. Do mesmo modo, use as sobras para montar a sua composteira.

95% dos vidros podem ser reutilizados! Por isso, verifique se aquele material realmente precisa ir para o lixo. Se a resposta for sim ou o material estiver quebrado, é importante colocar o vidro em uma embalagem segura, de preferência de papelão, para evitar cortes em quem for manusear o saco.

O que fazer com o óleo de cozinha?

Usou muito óleo e não sabe como descartar? Antes de tudo, não jogue o produto em ralos e bueiros! As sobras de óleo podem virar sabão. Se elas forem jogadas no ralo, podem acabar contaminando a água.

Descarte de lixo eletrônico

Por fim, não se deve jogar celulares, pilhas, baterias ou qualquer lixo eletrônico no lixo comum! Isso pode gerar sérios problemas para a natureza e contaminar vários objetos. Para esse descarte, já existem pontos de reciclagem específicos para eletrônicos. Por isso, busque por uma alternativa na cidade!

Dica útil: Substitua o uso de sacolas plásticas para embalar o lixo por sacos de papel ou caixas de papelão!

Fonte: Edson Grandisoli, coordenador pedagógico do Movimento Circular.

Confira o artigo no portal Vitat.